Connect with us

ARTIGOS

Encontro com entes queridos durante os sonhos

Published

on

sonhos

Sempre encontramos entes queridos durante os sonhos? Como saber se realmente ocorreu determinado encontro? E por que quase sempre lembramos vagamente do encontro, ficando apenas um sentimento?

Encontro com entes queridos durante os sonhos

Com base em ‘O Livro dos Espíritos‘ (1857), a Federação Espírita Brasileira (FEB) observa que ‘essa liberdade [‘afouxam-se os laços do espírito’] é recordada na forma de sonhos dos quais guarda lembranças, mais ou menos intensas’.

Assim, ‘quando o espírito retorna ao corpo físico, lembra-se do que fez e com quem esteve quando se encontrava emancipado’. Mas e quando essa lembrança não ocorre? Podemos ficar com o sentimento de que encontramos, quando aquela saudade fica momentaneamente aplacada, embora não conseguimos definir com exatidão do que se trata.

Vibração

A literatura espírita nos revela que não é possível enganar a vibração. Ou seja, podemos visualizar a figura de um ente querido e a vibração não ser a que conhecemos daquela pessoa. Embora essa pessoa possa se apresentar de uma maneira distinta de quando desencarnou.

Pois no plano espiritual nos apresentamos da maneira que mais gostamos. Mas quase sempre representando a condição que nos encontramos (luz, sombra, felicidade, tristeza).

O contato

Em conclusão: o mais importante é o contato com o ente querido. Pois nem sempre estamos preparados para receber informações do mundo espiritual. Mas o abraço, o sentimento de reencontro, trazem exatamente o que precisamos: força, disciplina em nossos passos.

Pois somente nós mesmos temos poder em nossos passos. Certamente quem amamos ora por nós, envia boas energias, mas raramente poderá nos aconselhar (e quando isso ocorrer, de partir de maneira espontânea, sem pedidos, para não atrapalhar a caminhada do ente querido). Afinal, sem os problemas, que nos tira do prumo, não encontramos verdadeiramente o caminho que nos espera e que lapida quem desejamos nos tornar, mesmo que pareça impossível.

Continuar Leitura
Advertisement

Mais acessadas