Connect with us

ARTIGOS

A matéria no plano espiritual, segundo o Espiritismo

Published

on

espiritismo

De acordo com o Espiritismo, se existe matéria no plano espiritual, qual o nome que ela é, de fato, chamada? Qual a sua origem? E o que seria o fluido cósmico universal no plano espiritual e também no físico? Qual a visão do espírito André Luiz?

A matéria no plano espiritual, segundo o Espiritismo

No livro ‘Mediunidade: estudo e prática’, a Federação Espírita Brasileira (FEB) observa que, embora os espíritos desencarnados não possuem corpo físico, ‘estão rodeados por matéria e atuam sobre ela. Porque o mundo espiritual, ainda que invisível, possui matéria que, para nós encarnados, seria classificada como energia, um tipo de matéria cujas moléculas vibram em outra dimensão’.

Já André Luiz, na obra ‘Evolução em dois mundos’ (psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira), pondera que ‘na essência toda matéria é energia tornada visível e que toda energia, originariamente, é força divina de que nos apropriamos para interpor os nossos propósitos da Criação’.

Fluido

Esse elemento ‘é a designação genérica dos líquidos e gases’. Pois, de acordo com a FEB, ‘em oposição aos elementos sólidos, propriamente ditos, possuem a capacidade de escoar com grande facilidade’.

E, classificados como matéria, ‘originam-se, obviamente, do fluido universal’. André Luiz chega a dizer que nele ‘vibram e vivem constelações e sóis, mundos e seres, como peixes no oceano’.

As formas

Em conclusão: ‘os elementos fluídicos, do plano físico ou do espiritual, produzem movimentos vibratórios e ondulantes’. Podendo se manifestar de diferentes formas: mental, sonora, luminosa, calorífera e eletromagnética.

Ou seja, elemento básico para que as infinitas conexões, no mesmo ou nos diferentes planos, sejam capazes de ocorrer. Assim, nos possibilitando a evolução que estamos em busca, principalmente enquanto na experiência carnal. Pois é quando verdadeiramente somos colocados à prova, com inúmeras limitações, com pouco conhecimento e com dificuldade ainda maior de se iluminar.

Continuar Leitura
Advertisement

Mais acessadas