Connect with us

ARTIGOS

5 conselhos de Chico Xavier para quem passa por dificuldades

Published

on

chico xavier dificuldades

Do livro Amizade (1977), do espírito Meimei através da mediunidade de Chico Xavier, compilamos a seguir 5 conselhos que aparecem na lição 14 (página 68) para quem está passando por dificuldades. Afinal, o que realmente precisamos aprender diante desse momento que parece puramente de tempestade, sem aprendizados aparentes para um coração que apenas questiona?

5 conselhos de Chico Xavier para quem está passando por dificuldades

Em outras palavras, as dificuldades na vida de quem não despertou para a consciência espiritual de que estamos em aprendizado na Terra se tornam enigmas. Mas quando temos a fé e a serenidade no coração, passamos a compreender que tudo que passamos tem sua necessidade.

1. Não te queixes de Deus

Afinal, somos espíritos milenares e estamos passando por uma situação que nós mesmos provocamos. Em outras palavras, o que precisamos é despertar e, acima de tudo, ter gratidão diante da possibilidade de recomeçar, de reaprender, plantar de uma outra forma.

2. Deus conhece seus problemas

Por isso, basta uma oração silenciosa no momento de desespero. Mas também é necessário nosso despertar, nossa mudança real de conduta. Pois apenas com palavras não chegaremos a lugar nenhum.

3. Sem os familiares incompreensivos, não conheceria o amor

Nascemos no lar que precisamos e com as pessoas que precisamos. Ou seja, não apenas para nos oferecer amor e carinho, mas também para reaprendermos a amar. Chico Xavier nos ensinou em sua vida terrena que o verdadeiro sentido do amor é amar sem desejar recompensa alguma.

4. Sem esforço, não teria experiência

A experiência é fundamental para a sabedoria, o degrau que nós mesmo construímos após a obtenção do conhecimento. Ou seja, sem esse esforço (no livro, Chico Xavier e Meimei escrevem ‘sacrifício’) não teríamos a experiência para não mais errar.

5. Sem os obstáculos, não alcançaria a responsabilidade

Por último, o senso profundo da responsabilidade. Em conclusão, podemos dizer sobre a importância de assumirmos nossos passos como pegadas divinas, que nos reconecta com Deus.

Continuar Leitura
Advertisement

Facebook

Mais acessadas