Connect with us

ARTIGOS

‘Sinto remorso’. Como lidar com esse sentimento?

Published

on

'Sinto remorso'. Como lidar com esse sentimento?

DANIEL POLCARO, do Quer um conselho?

O remorso nos abate vez ou outra como um chamado para reflexão e não autopunição. Em algum momento esse sentimento nos ensina a agir diferente e em outros nos convida a não nos cobrar tanto.

Não controlamos e nem somos responsáveis por todas as situações e principalmente como as pessoas reagem diante delas, principalmente quando condicionam a felicidade delas ao externo.

‘O amor é a força divina que frequentemente aviltamos. Tomamo-la pura e simples da vida com o que o Senhor nos criou e com ela inventamos o ódio e o desequilíbrio, a crueldade e o remorso, que nos fixam indefinidamente nas sombras… Quase sempre é mais pelo amor que nos enredamos em pungentes labirintos no tocante à Lei… amor mal interpretado… mal conduzido’. (André Luiz/Chico Xavier)

Os sentimentos de desequilíbrio nos invade a alma quando não estamos confiantes em nós mesmos como agente missionário aqui na terra, mas igualmente sujeito aos desafios da convivência e do materialismo.

Faça o que te faz feliz. Seja por inteiro

Tudo que fazemos com sinceridade e, ao mesmo tempo, move nosso coração, nos enche de uma energia divina, não faz só bem a quem praticamos o bem, mas principalmente a nós mesmos.

É disso que o mundo mais precisa para uma transformação sincera e completa. Nem sempre conseguiremos agir da maneira que desejamos, no tempo que desejamos, mas façamos o que nos cabe, com disciplina.

Não se compare aos mestres

Você pode ser um mestre do seu tempo, ao seu tempo, com sua história. Evite se comparar com os relatos históricos de grandes nomes do humanismo. Faça o que lhe cabe, ao seu tempo.

Somos únicos, incomparáveis, vivendo o nosso tempo. Aproveite ele da melhor maneira, distribuindo sorrisos e o amor divino por onde passa e todos sentimentos negativos como o remorso serão encaminhados para a luz, transformado em mais energia de amor a ser distribuído.

Continuar Leitura
Advertisement  
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Facebook

Advertisement

Mais acessadas