espírito

O espírito pode ficar vagando pela casa onde morava?

Após a morte, o espírito pode ficar vagando pela casa onde morava? É possível e até mesmo natural, de acordo com Allan Kardec. Mas se trata de um momento de transição, pois a missão segue no plano espiritual. Uma nova preparação para um possível retorno como encarnado à Terra. Por isso, precisamos enviar diariamente luz para todos os entes queridos, como forma de auxílio para a nova caminhada deles.

Todas as casas possuem espíritos

‘Todas as casas são repletas de espíritos. De acordo com Kardec, nós convivemos com os espíritos’ observa Milton Felipeli, da Kardec TV. ‘É muito maior o número de invisíveis do que visíveis’.

Ele explica como principal motivo para isso ocorrer é a falta de aceitação desses espíritos com a nova realidade. Ou seja, negam que o corpo físico morreu e querem seguir vivendo sua rotina.

Por que o espírito fica vagando pela casa?

O apego aos bens materiais e a preocupação com a família podem ser fortes motivos. Por isso, a necessidade de realizarmos, ao nosso tempo, a doação da maioria dos itens do ente querido.

Além de manter a harmonia familiar, igual existia quando encarnado. Assim, vai contribuir para aceitação de sua nova condição. Ou seja, que assuntos delicados, como a herança, sejam tratada com muito respeito. Pois certamente o espírito estará acompanhando esse processo e pode se machucar com possíveis conflitos.

O que podemos fazer para ele seguir o caminho dele?

Prece, enviando luz, com bons pensamentos, desejando felicidade na nova caminhada. Sempre renovando os votos de que a história que ele no deixou continuará sendo importante para a nossa caminhada aqui na Terra.

E que os laços de amor inclusive se fortaleceram, com a certeza da eternidade que nos une. Com a necessidade apenas da mudança na forma de enxergar a vida.