Connect with us

ARTIGOS

Depressão, alucinações, delírios e obsessão espiritual

Published

on

depressão

Durante o programa Jesus e o Logos, da TV Mundo Maior, o psiquiatra Aldeniz Leite falou sobre a depressão, entre outras doenças, que podem ter base em uma influência espiritual. Ou seja, provocando alucinações e delírios. E que devem ter também o tratamento espiritual adequado com o paciente. A obsessão espiritual, entretanto, tem sua cura partindo da mudança de comportamento do próprio indivíduo.

Depressão e obsessão espiritual

‘Hoje temos um arsenal terapêutico considerável para tratar essas doenças. Mas o Espiritismo identificou como ciência a influência dos espíritos naquilo que ficou conhecido como um processo obsessivo’, observa o psiquiatra Aldeniz Leite.

‘São entidades que investem sobre uma pessoa causando perturbação mental. Embora o tratamento médico seja importante, não é o principal. O tratamento espiritual deve ser predominante, sobretudo uma mudança de conduta moral daquele que está sofrendo’.

Frequência dos pensamentos

Cada pensamento possui uma sintonia. Ou seja, como verdadeiras antenas, estamos nos conectando a energias e espíritos das mais diferentes frequências. Com aqueles que fazem parte da nossa missão aqui na Terra. E com os que podem querer nos prejudicar.

Diante dessa realidade, é fundamental que estejamos em prece. Vigilantes com nossos pensamentos. Buscando irradiar amor e paz em nossos passos. Assim, a serenidade se torna uma constante.

Auxílio terapêutico

Em muitos casos, a terapia é fundamental neste processo de reorganização dos pensamentos. Embora a atuação espiritual possa ser uma realidade, depende de um comando interior a mudança que precisamos. A psicologia e a psiquiatria também são obra de Jesus.

Quanto mais negarmos essas questões que, no fundo, ainda nos atrapalha, mais ficará difícil encontrar a rota de produtividade em nossa vida. Ou seja, precisamos realimentar nossos sonhos.

Depressão, pensamentos e decisões

Por minuto, chegamos a ter uma média de 70 pensamentos. Precisamos tomar decisões diante deles. São lixo ou ideias? Devemos anotar, enviar para a luz, fazer uma oração?

Dessa forma, todo o fluxo dessas informações carregadas de sentimentos fica mais sereno. É uma forma de ‘assumir o controle’ para aliviar todo o nosso psicológico.

Os principais sentimentos que nos levam à obsessão são raiva, mágoa, ódio, mas também inveja, ciúme, egoísmo, orgulho e vaidade.

Evangelho no Lar

A realização do Evangelho no Lar é fundamental para manter a sintonia no bem. Com a energia de inúmeros pensamentos circulando, então, precisamos da proteção da oração.

Reserve que seja 5 minutos por dia para manter essa sintonia. Pois a leitura edificante resgata nossos sonhos. Nossos melhores sentimentos voltam novamente à tona.

Depressão: quando tudo dá errado

Sabe quando por alguns instantes temos a sensação que tudo está dando errado? Perdemos a chave do carro, o telefone não funciona… e precisamos esperar, apenas esperar e refletir. Então… nosso anjo da guarda pode estar agindo neste instante, nos livrando de algum fato sério.

Não passamos por nada que não devemos passar. E quem age neste momento é nosso anjo da guarda, mas nem sempre isso fica claro, por isso a sensação de que nada em nossa vida dá certo.

Tudo tem o seu tempo mágico. Ou seja, da nossa maturidade interior para o que desejamos, de fato, chegar.

Quem é o nosso anjo da guarda

Nosso anjo da guarda é sempre um espírito elevado, com conhecimento do nosso espírito. Pode ser sim um parente, mas é raro. Cada um possui uma missão aqui na Terra. Uma missão que irradia de dentro, trazendo evolução do nosso espírito, mas diretamente relacionada a um setor que auxilia na evolução do planeta.

Continuar Leitura
Advertisement  
Advertisement

Facebook

Advertisement

Mais acessadas