Connect with us

ARTIGOS

A homossexualidade tem ligação com vidas passadas?

Published

on

homossexualidade

KARDEC RIO PRETO | Fernando Rossit

Um velho amigo publicou uma matéria no facebook onde cientistas revelavam que a homossexualidade foi importante para a evolução da espécie humana, uma vez que favoreceu a criação de laços afetivos com pessoas do mesmo sexo, como a amizade, por exemplo.

Os comentários foram surpreendentemente lamentáveis – coisas do tipo: que nojo, isso é involução, deviam não existir, são nojentos etc.

Fiquei estarrecido.

Já sabia que uma filha desse meu amigo é homossexual e imagino o quanto ele ficou entristecido ao ler aqueles comentários na sua publicação.

Emmanuel, em seu excelente livro, Vida e Sexo, esclarece que todos nós somos mais ou menos bissexuais devido ao fato de reencarnarmos como homens e mulheres muitas vezes e, portanto, carregarmos um arcabouço psicológico acentuadamente feminino ou masculino, sem definição absoluta de graduação.

Homossexualidade, desta forma, é uma condição humana natural – não é defeito, aberração ou falta de caráter. Também não se trata de opção nem de doença, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) e estudiosos do assunto.

As principais causas espirituais (grifo) desta condição são:

1-inversão sexual reencarnatória: espíritos que reencarnaram diversas vezes possuindo um mesmo sexo, poderão ter alguma dificuldade de se adaptar em um corpo morfologicamente diferente daquele que ele sempre se expressou no mundo. Esta causa é predominante.

2-expiação: quando o espírito em outras vidas abusou das funções sexuais, poderá vir a reencarnar em um corpo diferente (de homem ou mulher) com vistas ao seu aprimoramento espiritual, pois o que se pretende é que o espírito se eduque nesta área evitando as mesmas ações desequilibrantes do passado. Não se trata de castigo (Deus não castiga!), mas de corretivo espiritual para o bem do espírito;

3-missão: muito raro ocorrer. Espíritos mais elevados quando reencarnam com uma tarefa específica nas artes, nas ciências, na religião etc., solicitam para reencarnar em corpos morfologicamente diferentes de sua preferência para que, afastados das relações afetivas, possam se dedicar inteiramente à missão que o mais Alto lhes confiou;

4-homofóbicos: podem vir a reencarnar como homossexuais para sentirem “na própria pele” as agruras da condição. Poderá acontecer o mesmo quando um homem, em outra existência, foi muito cruel com o sexo oposto, seja por machismo, por egoísmo, poder etc., podendo reencarnar num corpo feminino num país onde as mulheres são muito discriminadas, por exemplo. Nestes casos, podemos também considerar tipos específicos de expiação;

5-amor passional: quando alguém reencontra na Terra um espírito que amou apaixonadamente em existências passadas, mas a pessoa se encontra, nesta vida, em corpo igual ao seu. Normalmente, nestes casos, a reencarnação em corpos de homem e homem ou mulher e mulher se dá justamente para que não venham de novo a se unir. É o que Emmanuel chama de desvinculação afetiva.

6-outros sem relevância.

Resta claro, desta forma, que a homossexualidade não é DEFEITO – é uma condição humana natural, como já nos revelaram inúmeros espíritos por meio da psicografia esclarecedora.

Podemos ter sido homossexuais no passado (em outras vidas) e/ou poderemos ser em vidas futuras. O uso que se faz do sexo (hetero ou homossexual) sujeita-se às mesmas regras que qualquer outro uso que podemos fazer das diversas faculdades que possuímos. Assim, não é o seu uso que é contrário às Leis de Deus, mas o abuso, que poderá causar sérios transtornos espirituais.

Vejamos o que diz o Espírito Viana de Carvalho no livro “Atualidade do Pensamento Espírita”:

“a homossexualidade é uma experiência natural da evolução”

Como disse Jesus, “não julgueis”.

Continue Reading
Advertisement  
1 Comment

1 Comment

  1. Ana Paula Oliveira Alvarenga

    11 de junho de 2018 at 11:56

    Esses textos são ótimos para nós mesmos, nos colocarmos no lugar do outro e entendermos o porque que as coisas acontecem e existem nesse mundo, tentar entender pela visão espírita é menos doloroso, fácil de entender e conviver respeitar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Facebook

Advertisement

Mais acessadas